Descobrindo o caminho da felicidade…

Ultimamente, tudo o que eu quero é ser feliz. Da maneira que eu achar conveniênte e não os outros. Cansei de trabalhar, não por vagabundagem, mas pelo simples fato de que eu quero e preciso fazer o que eu gosto e não mais ser obrigada a gostar do que faço.
Me falta coragem, me falta determinação e me falta conhecer o caminho… Só de uma coisa tenho certeza. A vida que eu levo, eu não quero mais. Eu sou assim… Não tenho mais vergonha de mudar de idéia e sim de não ser capaz de ter mais de uma idéia, mais de um caminho!

Essa pequena “lição” traduz de maneira claríssima o que desejo:

“Vocês precisam trabalhar pelos sonhos de vocês. Chega de trabalhar para que outras pessoas alcancem os sonhos delas. Donos de empresas que viajam, conhecem o mundo, atraves do trabalho de vocês, é necessário trabalhar pra si mesmo, nem que isso aconteça na aposentadoria, mas não precisa demorar tanto, descubra o que te faz feliz, apaixone-se por algo e vá em frente” (Thais – Professora de Teatro da Ivy)

Quero ser feliz...

Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome. (Clarice Lispector)